28 de novembro de 2009

Não te prendas

Bom dia Meu Filho, Minha Filha!


Quando nasceste não trazias nada contigo. Foi uma forma de Eu te dizer que valias mais que tudo. Quando partires terás que largar tudo. É uma forma de Eu te dizer que tudo o que possuas não vale nada comparado contigo.


Por isso, enquanto peregrinares nesta terra, não te prendas a nada. Usa todas as coisas na medida em que te ajudarem na caminhada. Quando algo te pesar, olha bem a ver se não te agarraste tempo demais.


Lembra-te sempre que estás aqui de passagem. Põe os olhos no horizonte. Zela pela ligeireza da tua bagagem. Um dia ser-te-á pedido que largues a tua própria vida para poder chegar ao pé de Mim. É bom que vás preparando a tua chegada.


Um abraço deste Pai que te ama

5 comentários:

Pe. Manuel Gonçalves disse...

Bom dia.
Este blogue é muito pertinente, com uma abordagem muito positiva da vida, a partir da confinça em Deus: um Deus próximo, um Deus que é Pai e que nos ama mesmo na nossa infidelidade.
Neste post, desafia-se a viver a vida com alegria, com sentido, livres para amar, livres paa aceitar as graças que nos vêm de Deus. Somos peregrinos, administradores dos bens da criação e não senhores. Mas ainda bem, ficámos libertos para fazer tudo o que é bom e positivo para nós e para os outros.

Anónimo disse...

Esta oração é um verdadeiro desafio, João!Mas é uma óptima oração, vindo de encontro às Bem-Aventuranças, quando nos dizem "Bem-Aventurados os pobres de espírito, porque deles é o Reino Dos Céus". E os Santos mostram-nos bem a veracidade deste teu post, ao viverem a sua vida com total desapego pelos bens materiais e com uma alegria que só Ele transmite.Parabéns!Agradece a Deus o Dom que Ele te deu de escrever orações tão bonitas!
Xana

Isabel Mota disse...

Boa Tarde João

Uma vez mais a tua inspiração é tão cativante. Apetece sempre trazer as tuas orações connosco... e acredita, ficam sempre a fazer eco em mim, quer pela ternura, simplicidade e pela maravilhosa forma como transmites tanta verdade. Obrigada.
P.s. posso levar esta para o meu blog? Tem tudo a ver com o que passei há meses e que mudou tanto a minha forma de estar aqui, que mudou tanto a minha bagagem...
Um grande beijinho e bom fim de semana.
p.s. 2 achei tão interessante rezares uma avé-maria de cada vez que te cruzas com uma ambulância em serviço que passei a fazer o mesmo... num das vezes que rezei a minha filha ia comigo. Também achou muito importante rezar nesses momentos, por quem vai ali... e agora já somos duas cá em casa! É bom quando estas correntes de oração se propagam. Muito bom mesmo. E, não moramos ao lado da Cruz Vermelha....Isabel Mota

concha disse...

Bom dia meu Pai!
Hoje fiquei surpreendida não com o ser só administradora do que tenho, mas com o que há de comum à nascença e à partida.
Também todos os comentários aqui feitos me interpelaram positivamente.
Muito obrigada por te fazeres presente na minha vida através dos outros, indicando-me que devo estar sempre atenta na leitura e na escuta dos sinais que eles me trazem.
Um abraço desta filha que Te ama muito

Cristina disse...

Obrigada por existir um blogue com este tipo de oração tão importante que nos interpela em cada dia.
Obrigada e que Deus o ilumine para que continue a partilhar connosco as suas belas orações.