7 de novembro de 2009

Jejum no dia-a-dia?

Bom dia Meu Filho, Minha Filha!

Há pessoas que pensam que só se faz jejum em alturas muito particulares do ano. Mas a verdade é que o praticas no dia-a-dia, sem que te apercebas.

Que casa gostarias de ter e não podes? Que filmes ou livros gostarias de ver e ler e não tens possibilidade? Para quantas viagens, passeios ou jantares foste convidado e não pudeste aceitar? Quantas vezes sentiste um desejo particular ou quiseste levar um projecto adiante e não o pudeste cumprir?

De cada vez que te privaste de alguma coisa por uma pessoa ou uma causa, fizeste jejum. De cada vez que prescindiste de um bem em benefício de um bem maior, entregaste-Mo em liberdade interior. Assumiste a responsabilidade de optar por algo mais importante. Essa é uma capacidade que admiro muito em ti!

Um abraço deste Pai que te ama

1 comentário:

Reino da Fantasia disse...

Entendo o jejum como o desvencilhamento das nossas paixões inferiores,vaidade,orgulho,luxúria,egoísmo...etc.