10 de abril de 2010

Não podes calar

Bom dia Meu Filho, Minha Filha!


Há momentos na vida em que te sentes em contacto com a Verdade. Há momentos em que tocas no mais fundo de ti. São momentos a partir dos quais não podes ficar igual. Não podes fazer de conta que nada se passou.


Então, podem pressionar-te e ameaçar-te; pode ser desconfortável para ti; pode o mundo ruir; mas tens a certeza que levas dentro algo que não podes esconder.


E é nesses momentos que te confrontas com este dilema: perante a verdade, podes manifestá-la ou escondê-la: se calas o que há dentro de ti, a tua vida começa a morrer; se arriscas a pele pela verdade, salvas a tua alma. Os efeitos são opostos; a escolha é tua.


Um abraço deste Pai que te ama

3 comentários:

Nuno disse...

pareceu-me acertadíssimo, JOÃO!

experimento isto todo o tempo no seio da minha equipa de trabalho.

abraço,


NUNUNUN

soninha disse...

Creio que só há uma escolha válida.abçs

Anónimo disse...

Boa Tarde MEU PAI! È verdade que a escolha é nossa, também é verdade que a escolha deverá ser sempre A VERDADE , só assim ficaremois libertos, caso contrário ficaremos prisioneiros.
Um abraço para MEU PAI.