5 de setembro de 2009

O material e o espiritual

Bom dia Meu Filho, Minha Filha!

Há quem valorize o material em detrimento do espiritual. Há quem valorize o espiritual em detrimento do material. Para mim o caminho é muito simples: estas duas dimensões não se opõem; encontram-se em simultâneo. Trata-se de encontrar o espiritual não por cima, nem por baixo, nem ao lado, mas por dentro do material.

Para quem saiba ver, não há realidade nenhuma que seja simplesmente profana. Se ainda tiveres dúvidas, sou Eu, o Criador de todos os seres, tempos e lugares, que to garanto: estou presente em todo o lado. Faço-Me presente em toda a Criação, em qualquer realidade e em cada pessoa, mesmo onde possa parecer que estou completamente ausente.

Por isso, esforça-te para ir sintonizando o teu olhar com o Meu. Esse exercício tornar-te-á cada vez mais capaz de ver para além do óbvio.

Um abraço deste Pai que te ama

2 comentários:

concha disse...

Boa tarde meu Pai!
Mesmo se o meu olhar se quer sintonizar com o Teu, isso não depende inteiramente de mim.Há tanta limitação no querer deste meu olhar!Neste momento mais do que nunca percebo como seria bom poder aproximar -me mais da realidade, como Tu a vês.
Mesmo sabendo que é do Teu conhecimento, que houve um acidente grave com um familiar meu,vou partilhar Contigo que quero ter esperança e não consigo;que quero acreditar que Tu realizas impossiveis mas é-me difícil.No entanto tenho movido montanhas para que todos orem.Eu sei,que nem sempre o que queremos aconteça é o indicado nas nossas vidas.Neste pensar, duvido da minha fé.E Tu achas que mesmo assim a tenho?
Um abraço desta filha que gostaria de Te amar sempre

Reino da Fantasia disse...

Enxergar além do que é meramente tangível só é possível aos que aceitam a vida espiritual como sendo a vida verdadeira.De outro modo não há como.
Todos sofremos perdas, passamos por tribulações e dores e estamos sempre achando que a nossa dor e tribulação é maior e mais penosa que a do outro daí impormos limites à nossa fé esquecendo-nos que a semeadura é livre e a colheita é obrigatória e que Ele não é o responsável pelo que nos acontece já que nos respeita através do nosso livre arbítrio.
A nossa cegueira espiritual impede-nos de ver a evolução se processando sem saltos e das cinzas do mal ressurgir o bem.
Enfim,sei que dependo totalmente Dele e que vivo pela Sua vontade daí exercitar-me continuamente a enxergar o mundo através do Seu olhar.Ainda estou engatinhando nesta busca mas sei que um dia conseguirei de uma forma plena.PAZ!